Quarenta

Faz tempo que não me sento e escrevo coisas avulsas aqui, já desabafei tanto nessa aba do blog. Teve a vez que meu cartão foi clonado, as milhões de outras que reclamo sobre qualquer coisa, mas principalmente por não conseguir escrever. Sobre surtos da quarentena, que aliás, me tornei uma pessoa empregada agora e vou precisar sair de casa, ou seja, vai vir muitos outros surtos por aí.

Estava olhando os textos antigos, e são tantos que começam comigo declarando o quanto estou cansada, e isso vem de antes da pandemia… E nos outros, já início logo escrevendo sobre o que estou sentindo. Acabei descobrindo um padrão e estou muito surpresa com como sou previsível; credo. Preciso ser mais cuidadosa quanto a isso.

A quantidade de vezes que cito o número 22 também me espanta, e nunca explico o motivo dele ser meu número favorito; me acho mesmo a misteriosa?

Ah, teve a vez que reclamei do meu problema de visão, e pasmem, ainda não resolvi. Quando o assunto é ir no médico procrastino mais do que em revisar meu livro. Que dei um tempo e estou trabalhando em um novo projeto inspirado no Folklore, minha mais nova obsessão.

Sobre obsessões, gatos, essas criaturinhas vêm ganhando meu coração, e ainda que alérgica acabei adotando uma. A Outono, ou como a chamo Nono, essa nenenzinha da imagem que só tem cara de anjo. Hoje mesmo ela já me fez subir em uma árvore atrás dela, coisas de Nono, com certeza vai ter várias histórias dela por aqui.

Poderia terminar esse texto com uma citação de um livro ou música como faço geralmente. Ou reclamando; como ouso escrever um texto sem sequer uma reclamaçãozinha?! Mas estou de bom humor, então vai só com um ponto final mesmo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s