Pega café que lá vem lista: Os livros que mais indiquei

Em um bom humor como a dias não me encontrava, resolvi escrever sobre coisa boa, livros. Depois de indicar sem nem perceber um livro, me peguei pensando nas leituras que mais indiquei ao longo dessa minha vida de leitora. Foram muitas, mas algumas indicava dependendo da pessoa, o que sabia que iria gostar. Contudo, tem uns livros que ao final da leitura, ao passar dos dias, eu não conseguia parar de falar sobre.

Então segue a lista:

Crepúsculo – Stephenie Myer

Crepúsculo por [Stephenie Meyer]

Não poderia começar por outro… Esse foi sem dúvidas o livro que mais indiquei na vida. Juntei moedinhas, comprei o livro, emprestei para escola inteira, enfiei goela abaixo as palavras de Stephenie Myer. Hoje em dia não é um livro que indico para as pessoas, mas foi muito bom viver aquele momento.

Me chame pelo seu nome – André Aciman

Posso ter atualmente uns problemas com o escritor, mas não tem como negar o quanto amo esse livro, o quanto já indiquei ele, principalmente aqui.

Heartstopper – Alice Oseman

Heartstopper Volume One (English Edition) por [Alice Oseman]

Esse é com certeza o livro que mais indiquei aqui no blog, acho que não tem uma lista que Heartstopper não esteja presente. Eu amo, amo de paixão esse universo de Alice Oseman, queria viver ali para sempre. E não é nada fantasioso, é real, o que torna tudo mais especial. A HQ é muito doce, uma fofura, leitura para melhorar o dia.

Fale! – Laurie Halse Anderson

Nesse caso, indico não somente o livro como qualquer obra da escritora. Laurie tem uma das minhas escritas favoritas, a forma como ela conversa com o leitor sobre assuntos pesados é espetacular. Esse livro é um abraço apertado dizendo que mesmo que esteja uma merda no momento, vai ficar tudo bem.

O ódio que você semeia – Angie Thomas

Não somente indico esse livro, se pudesse sairia distribuindo ele de pessoa em pessoas mundo afora. Essa é uma leitura tão necessária, infelizmente, mas é. Sofri, me revoltei, me identifiquei tanto com Starr.

O peso do pássaro morto – Aline Bei

O Peso do Pássaro Morto por [Aline Bei]

Esse também houve uma época que falava sempre por aqui. E não me canso, não deixo a oportunidade passar, lá vou eu de novo indicar. Uma leitura poética, avassaladora, e reflexiva. Que me deixou devastada por dias.


Depois de terminar de escrever essa lista me bateu um vazio, que saudade de ler um livro que me cause essa emoção, de sair por aí aos quatro ventos falando sobre.

Qual livro causa isso em você?

2 comentários em “Pega café que lá vem lista: Os livros que mais indiquei

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s