Cinquenta e um

tenho tantos pensamentos na cabeça que fica difícil escolher sobre o que escrever. sobre as minhas obsessões momentâneas que vão e voltam quando querem. sobre me sentir em um episódio de grey’s anatomy sem conseguir descobrir o que tenho. sobre começar várias histórias e não terminar nenhuma. sobre querer tanto, tanta coisa que fica difícil escolher; minha mãe já dizia, você quer abraçar o mundo com as mãos. era de imaginar que daria merda mesmo. são tantas lamúrias, tanta coisa passando aqui. penso demais. sinto demais. as vezes é demais. tudo muito de mais. sobra pros lados. transborda. não cabe aqui dentro essas tantas versões de mim; que ainda são parte de mim. deve ser por isso que me perco, falta parte do mapa. deixei pedaços de mim pelo caminho e agora não tem volta. só resta isso, essa confusão. só resta isso, eu. 

2 comentários em “Cinquenta e um

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s