Indecisa demais para um título

A confiança em mim, vem decrescendo esses dias. Essa de duvidar da própria opinião até do que se acredita. De rever concepções sobre a vida. De desconfiar sobre resoluções pré-resolvidas. De achar, só achar, nunca chegar a um consenso. Essa descrença sufocante que fecha a garganta, como um bicho imundo andando sob a pele. 

De olhos fechados, tento organizar a mente; uma confusão. Meu alento é ter a certeza de que isso é passageiro. Minhas opiniões de um ano, três, um mês, um segundo atrás; graças a Deus; já não são as mesma. Se renovam. Esse crescimento assusta, mas reconheço o quanto é necessário.

Me vejo no momento, passando por mais um desses rompantes; um vendaval, levando embora a zona de conforto, trazendo questionamentos. O que é que sei? De que é feita essa minha certeza? De onde ela vem?

Já não sei, me sinto um bichinho pequenino encarando essa montanha, me guiando por puro instinto, por este cerne imutável que prevalece.

Espero sair, atravessar, ir de encontro a essa nova percepção. Pois, o resultado do que hoje sou vem desse processo, ocorrente de tempos em tempos, assim, receio já não tenho do que posso me vir a tornar. O medo, a angustia, é de ver todas as verdades escondidas até então.

8 comentários em “Indecisa demais para um título

  1. O momento e de caos. Acho que não há um único ser que esteja se sentindo bem com tudo isso. E não e apenas a pandemica. E o todo e dizer que vai passar não ajuda. Sim, sabemos que vai passar. Mas o que não sabendo e quando é como será depois. Leio as prospecções e penso que podem estar certos, mas também podem estar errados.
    E eu opto por viver o agora, da melhor maneira possível para lidar com o que vira, quando chegar e acontecer. Vamos respirar fundo e seguir de encontro a tudo isso. Um passo por vez. Enlouquecendo um pouco ou tudo de uma vez. Bacio

    Curtido por 2 pessoas

  2. Olá, Amanda! Adorei a forma suave com que escreve. Esse momento realmente é de reinvenção. Ainda não sabemos para onde caminharemos, de fato. Mas estamos tendo uma oportunidade para parar, avaliar e definir novos rumos. Tanto em nível individual como o que queremos para a humanidade. Beijos 🌻

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s