Pega café que lá vem lista: Livros em que surtei

No momento estou lendo um livro que está me dando nos nervos; levando a vários surtos, de tipos diversos, sendo a maioria de raiva mesmo. Possuindo coisas que me irritam, algumas que já comentei aqui. São umas situações, uns personagens… que me questiono o porquê de continuar passando por isso e não abandonar logo o livro. O problema é que, é só aparecer certo personagem esqueço todas as minhas queixas, e feito besta surto dando gritinhos de alegria com as migalhas de aparições que ele faz, e como a trouxa que sou continuo a leitura.

Ah, as lamúrias da vida de leitora…

E pensando em todas as vezes que surtei com um livro, que não foram poucas, resolvi fazer essa lista. Para os momentos em que chorei, quis tacar o livro na parede, dei pulinhos de emoção, fiquei deitada encarando o teto sem rumo, e tantas outras.

Portanto, vamos a lista (pode conter spolier):

Surtando de alegria

É errado falar que surtei de contentamento com Mara Dyer? Acho que ela abraça essa parte trevosa, louca, vingativa que deixo bem escondida. Por isso foi um deleite acompanhar Mara Dyer e deixar isso aflorar. Já Anne é o complemento, curiosa, tagarela, romântica, criativa. E o que dizer de uma versão de Orgulho e preconceito na atualidade? Fui a leitura toda sendo agraciada com as coisas que essas protagonistas aprontavam, me diverti muito.

Surtando de ódio

Lua nova/Eclipse (Jacob); Harry Potter e a ordem da fênix (Umbridge); O conto da aia (todos os bastardos); Antes de outubro (Vitor)

Esse aqui é dedicado para os personagens detestáveis. Para aqueles que me deram vontade de entrar no livro e matá-los com minhas próprias mãos. Gente chata, inconveniente, psicótica, abusiva, queria mandá-los direto pro fogo do inferno.

De coração partido

Acho que esses foram os livros que mais chorei na vida, de ficar deprimida por dias. Fui pega totalmente desprevenida pelas mortes que ocorreram, mortes que nunca esperava/aceitava. Principalmente em Como eu era antes de você, fui ler achando ser só mais um romance clichê onde no final sempre se tem uma solução milagrosa; como estava enganada. Fiquei até a última página entre soluços esperando pelo o que não viria.

Surtando de frustração

Que finais decepcionantes! Daqueles que gostaria de reescrever, que de tão frustrada quase criei minha própria versão deles na mente. Os livros começam bem, e então vão decaindo, decaindo, me prometendo tanto e entregando nada.

Surtando a ponto de meus olhos sangrarem

Nesses livros acontecem umas coisas tão absurdas, sem cabimento nenhum, de me perguntar aonde isso vai parar. São umas situações que não tem lógica, tem que desligar a parte pensante do cérebro para ver se vai, e ainda assim não dá pra engolir.

Pelamor de deus! não aguento mais, só acaba logo

Esses três livros foram grandes decepções na minha vida, fui ler eles achando que iria amar, fiquei só na ilusão. Não abandonei eles na honra, na base do ódio. Foram leituras tão arrastadas, que provavelmente pulei partes sim. Nossa, gosto nem de lembrar.

Surtando por até que enfim aconteceu

Alerta spoiler: Em Amanhecer a Bela finalmente se tornando vampira. Em Harry Potter e o enigma do príncipe o beijo da Gina e do Harry; Carry on o Baz dando a graça de sua presença; E Heartstopper, enfim Charlie e Nick ficando juntos.

Sabe quando você tá esperando por uma coisa desde o comecinho do livro, muitas vezes antes mesmo de começar a ler. Você sabe que vai acontecer, e o escritor fica prolongando sua ansiedade. Mas que, quando acontece toda a espera valeu a pena; é nesses momentos que começo a gritar, pular, chorar de felicidade, minha paciência e expectativa foram muito bem recompensadas.

De querer tacar o livro na parede

O que dizer desses… melhor deixar quieto.

De deixar o coração quentinho

A hospedeira (Peg e Ian); Orgulho e preconceito (Elizabeth e Mr. Darcy); Minha versão de você (Tanner e Seb); Heartstopper (Charlie e Nick)

Aqueles casais que fiquei na torcida, que me deixaram com quentinho no coração o livro todo; o que não é fácil. Adoro todos, mas Heartstopper, senhor, eles são gracinhas demais.

Sutando com os acontecimentos

As virgens suicidas (os suicídios); Caixa de pássaros (o parto); O peso do pássaro morto (deixando a juventude)

São eventos que posso até me esquecer do que se trata o livro, mas que ainda assim irei me lembrar deles, do baque que senti. Tá tão registrado na minha mente que consigo visualizar.

Tendo uma verdadeira epifania 

Sabe aquele livro que marcou uma virada na vida, tem um antes e depois dele? Trazendo uma nova visão de mundo/de si. De uma forma singela, esses livros me fizeram enxergar o além. É um verdadeiro frenesi sempre que me lembro deles.

O mundo de sofia; O diário de Anne Frank; A redoma de vidro; A menina submersa: memórias


Bem, é isso. Do jeito que os dias vão, vamos tentar viver um surto de cada vez…

10 comentários em “Pega café que lá vem lista: Livros em que surtei

  1. Lê bastante, hein, mas de toda esta lista, são muitos livros, só três eu li, Anne de Green Gables, simplesmente adorei o livro, O Diário de Anne Frank, e odiei Orgulho e Preconceito. Levei mais de dois anos para conseguir encerrar, achava que não tiraria mais da estante de livros inacabados, e aos trancos e barrancos cheguei ao fim.
    Não temos o mesmo gosto literário, mas não importa, o que importa mesmo é ler, também deixei as metas de lado, ler é o que basta, cada um com seus gostos, mas ler é tudo.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Não gostar é para amenizar, kkkkkkk, sabe o que é levar dois anos para ler um livro chato, e comprei com tanto entusiasmo e me perguntava depois o que vi nele para tê-lo comprado. “Odiei” é pouco. Faz parte da lista dos livros que não indico, e está no topo. Li outros livros chatos, mas nunca perdi dois anos para lê-los..

        Curtido por 1 pessoa

  2. Eu simplesmente amo quando um livro me faz surtar de tão incrível que é! ❤
    Quanto ao romance "Drácula", lembro-me que não me marcou profundamente. Não foi que não gostei, mas acho que foi diferente do que esperava. Acho que preciso relê-lo em algum momento.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Eu li alguns de sua lista. A saga crepúsculo foi em outra vida e surtei de ódio. Não abandonei o livro por aí porque fiquei com raiva de tê-los comprados. Escrita péssima. História horrível. Uma ofensa para os que eram fãs de vampiros. A autora ainda vive? Brincadeira. E virou filme. Claro.
    Li Aline Bei em uma hora e meia. Gosto do estilo da escrita, da trama e da maneira como tudo foi se desenrolando. Orgulho e Preconceito e o meu favorito desse a primeira leitura. Adoro Lizzie e Darcy e mesmo sabendo o fim, torço para que fiquem juntos e sejam melhores. Mas odiei o pedido de casamento feito pelo Darcy. Como se ela não pudesse recusa-lo. Rá…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Rindo muito com seu ódio a Crepúsculo. E se eu te contar que um novo livro da saga será lançado? Pois é. Amo ver os livros que as pessoas surtam de ódio, querem tacar na parede. Mostra como a leitura é algo único para cada um, as experiências, os gostos, contribuim muito.
      Também não gosto do primeiro pedido de casamento de Darcy, chega fico sem ar de agonia lendo. Já no filme, acho de uma das cenas mais lindas.

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s